No Dia Mundial da Terra, um brinde às formigas

Nesse Dia Mundial da Terra não vamos falar das maldades e tristezas que destroem o Planeta…vamos falar do futuro. E para o futuro, um lembrete: toda criança é uma esperança para o amanhã.

Ele não mata formigas, tem uma horta orgânica, cata o lixo dos outros na praia, já gravou um vídeo pedindo a proteção das tartarugas, economiza água e sonha com carros solares num futuro próximo. Parece mais um protetor do Meio Ambiente, mas com uma diferença: ele tem apenas 5 anos de idade. Théo Correia, assim como algumas crianças, já veio ao mundo com uma consciência ambiental extraordinária, que começou a se mostrar quando ele se negou a matar formigas na escola. Ninguém na casa dele disse para não matar as formigas ou que devemos catar o lixo nas praias, por exemplo. Os pais nunca foram defensores e também nunca precisaram influenciar para que o Théo fosse. Na verdade, na casa da Família Correia, quem influencia diariamente é o pequeno Théo.

O pequeno protetor Théo, de 5 anos de idade

Tudo começou quando o menino tinha apenas 3 anos. Ele chegou em casa perguntando se formigas tinham família, a dúvida surgiu porque os amiguinhos da escola estavam pisando nos bichinhos na hora do recreio e ele achou errado. A mãe, Priscila Correia, respondeu que sim, que formigas tinham família, amigas e moravam em uma grande comunidade onde cada uma fazia falta. Isso foi o suficiente para ele passar a defendê-las e criar discussões com os amigos que continuavam matando.

A família percebeu que a consciência ambiental de Théo só aumentava e isso sem esforço nenhum dos pais. Depois de assistir o retorno sofrido ao mar de uma tartaruga resgatada pelo Projeto Tamar, o menino gravou um vídeo pedindo a todas as crianças que não jogassem lixo nas ruas e nem nas praias. E pediu aos pais que o levassem para ajudar a catar o lixo nas praias, o que acabou virando rotina nos finais de semana da família. Entre várias iniciativas, o pequeno protetor também cuida do desperdício de água em casa, da sua própria hortinha orgânica e escolheu como tema da sua festa de aniversário, a Natureza, mostrando formas de reciclar e despoluir o planeta. Isso tudo, só com 5 anos de idade.

“As atitudes dele influenciam muito a nossa vida. Agora catamos o lixo, comemos alimentos mais saudáveis plantados em casa, separamos os recicláveis, gastamos menos água e não pisamos mais em formigas”, afirma Priscila.

Existem alguns relatos na internet sobre crianças nascendo já com essa consciência ambiental, o que é surpreendente, mas não são todas. Por isso é nosso dever sempre incentivar e mostrar a importância de proteger o Planeta para as próximas gerações. Cobre ações ambientais da escola de seus filhos e tenha iniciativas ecológicas em casa também. Existem alguns livros e filmes infantis que abordam a conservação ambiental. Ensinar principalmente sobre respeito é fundamental para criarmos um mundo mais iluminado, vivo e com amor.

Conhece alguma criança como o Théo? Então mande pra gente a sua história: contato@ecoexpressao.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *