Mais de 40 animais são encontrados congelados em templo budista

O templo budista Wat Pha Luang Ta Bua ou Templo do Tigre, na Tailândia, é mundialmente conhecido pela sua beleza e facilidade que os turistas encontravam em tirar fotos com os animais selvagens e até participarem de alguns treinamentos. As pessoas pagavam o equivalente a US$17 de entrada para visitar o local e fotografar junto aos animais claramente dopados. Mas o que poucos sabiam é que desde o início de 2000 o local é alvo de uma grande investigação de maus tratos animal.

Depois de algumas denúncias e uma força-tarefa na investigação, foram descobertos nessa semana, 40 filhotes de tigres mortos e congelados, além de javali, urso e leopardo. A operação que contou com mais de mil policiais, além de retirar os animais mortos, resgatou os 137 tigres adultos que viviam no Templo.

Mais de 20 pessoas foram acusadas por posse e tráfico de animais selvagens. Os monges budistas, administradores do local, negam as acusações. A investigação ainda não concluiu se há outros motivos para o congelamento além do comércio de peles, mas na cultura chinesa, por exemplo, partes dos corpos de tigres são usadas de forma medicinal.

(Foto: Pixabay)

Um comentário em “Mais de 40 animais são encontrados congelados em templo budista

  • 6 de junho de 2016 em 06:15
    Permalink

    O ser humano é muito desprezível mesmo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *