Livro estimula crianças a observar e perceber a importância das árvores

No Dia das Crianças, a pesquisadora do INPA, Noemia Kazue, lança ‘Embaúba – Uma árvore e muitas vidas’, livro infantil prefaciado pelo chef Alex Atala. A obra, voltada para crianças e ilustrada por Hadna Abreu, traz uma história cheia de lembranças sobre uma árvore especial, a Embaúba.

O livro conta como uma professora e seus estudantes descobriram, enquanto pesquisavam cogumelos na Amazônia, o importante papel da Embaúba na natureza e sua relação com os demais seres vivos. A obra estimula crianças a observar as árvores ao seu redor, seja na natureza ou nas grandes cidades e a perceber sua importância. Alex Atala, chef e profundo admirador da árvore, assina o prefácio do livro.

Sobre os autores
  • Noemia Kazue Ishikawa nasceu em Londrina, Paraná, e mora em Manaus desde 2004. Cursou Biologia da Universidade Estadual de Londrina, optando pelo estudo dos cogumelos por influência de seu avô, que adorava cultivar fungos comestíveis. Possui Ph.D. em Recursos Naturais pela Universidade de Hokkaido, Japão. Atualmente, é pesquisadora do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) e vice-coordenadora do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia da Biodiversidade Amazônica (INCT-CENBAM). Além de diversos artigos científicos, publicou em 2014 um livro de crônicas intitulado A porteira azul e outras histórias.
  • Takakazu Yumoto, responsável pela versão japonesa do livro, nasceu e mora no Japão. Devido sua admiração pelas pesquisas do famoso ecólogo Kinji Imanishi decidiu ingressar na Faculdade de Ciências da Universidade de Kyoto, onde se formou em 1982. Atualmente, é professor e vice-coordenador da equipe japonesa do projeto “Museu na Floresta/Field Museum”, parceria do INPA com a Universidade de Kyoto.
  • William E. Magnusson, autor da versão em inglês, nasceu em Sidney, Austrália. Mora em Manaus desde 1979. Fez doutorado na Universidade de Sidney, Austrália, em 1979. É membro titular da Academia Brasileira de Ciências, pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) e coordenador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia da Biodiversidade Amazônica (INCT-CENBAM).
  • Hadna Abreu, ilustradora, nasceu em Manaus. Estudou Artes Visuais na Universidade Federal do Amazonas e desde 2009 participa de exposições coletivas, com destaque para sua participação na VI Bienal de Jovens Criadores em Salvador – Bahia, em 2013. Expôs na Galeria A Casa do Viajante na capital de São Paulo e na I Mostra de Artes Visuais. Trabalha principalmente com pinturas em aquarela. Este é o quarto livro que ilustra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *