Estudantes criam aplicativo que monitora o crescimento de plantas

Alunos do Poliedro são verdadeiros agentes da natureza, em parceria com a ONG Vale Verde

Não é novidade que é necessário um esforço coletivo para conter as alterações climáticas que o planeta tem vivenciado nos últimos anos. O aumento do aquecimento global pode colocar em risco a vida de milhares de pessoas ao redor do planeta. Para estudantes do Ensino Fundamental II e Ensino Médio do Colégio Poliedro de São José dos Campos (SP), preservar o meio ambiente é palavra de ordem e a tecnologia pode ser grande aliada.

Mais de 800 mudas nativas da Mata Atlântica foram manejadas e mais de 100 foram plantadas pelos estudantes e monitoradas pelo app (Foto: Divulgação)

Em uma parceria com a ONG Vale Verde, os alunos do módulo de empreendedorismo digital do Poliedro criaram um App que monitora o crescimento de plantas e mudas de arvores à distância.  A ação faz parte do projeto Ensinando a Plantar, idealizado pela ONG.

Ao todo, mais de 800 mudas nativas da Mata Atlântica foram manejadas e mais de 100 foram plantadas por estudantes do Poliedro e monitoradas pelo aplicativo Vale Verde. “O aplicativo, desenvolvido por alunos de apenas 14 anos, tem sido muito importante para os nossos projetos de preservação do meio ambiente”, aponta a diretora da Vale Verde, Sueleide Prado.

A ONG identifica áreas onde existem nascentes que estão sem árvores no seu entorno e promove o plantio e reflorestamento de regiões nestas condições no Vale do Paraíba, com ajuda de parceiros e outras instituições e escolas. Cada estudante participante do plantio pode ter um perfil dentro do App, contendo detalhes sobre a muda plantada, como a altura e uma breve descrição de sua espécie, possibilitando o acompanhamento do seu desenvolvimento. As fotos tiradas pela ferramenta passam a compor o acervo de imagens do local revitalizado.

Pensando no meio ambiente

De acordo com Massayuki Yamamoto, consultor de Tecnologia do Colégio Poliedro, a tecnologia é tida como uma ferramenta que ajuda o aluno a dar sentido ao aprendizado. “Essa ação foi uma oportunidade de ajudar a ONG Vale Verde e o meio ambiente, possibilitando aos alunos que aplicassem o conhecimento que estão tendo no módulo de games, durante as aulas na escola”, aponta.

Por meio de dados, imagens e do próprio Google Earth, o aplicativo possibilita a monitoria do plantio, de maneira remota e de qualquer localidade. Para desenvolver o aplicativo, inicialmente os estudantes procuraram entender os objetivos da ONG. Com a lista de funcionalidades necessárias em mãos, eles deram início ao desafio, que ajudaria na preservação do meio ambiente.

(Na foto em destaque, o aluno Marcus Nakamura. Crédito: Divulgação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *